‘O maior espetáculo que já vi’, diz a autora Glória Peres sobre o Círio; veja outras celebridades que vieram para a procissão

Autora da novela “A força do querer” veio pela primeira vez até Belém acompanhar a procissão. Ela foi homenageada na Festa da Chiquita. Zeca Carmargo, Elisângela Vergueiro e Mariana Godoy também vieram

Artistas e celebridades nacionais participaram das procissões do Círio de Nazaré este ano. Entre eles, esteve a escritora Glória Peres, autora da novela “A Força do Querer”, que está no ar na TV Globo.

Glória foi a grande homenageada da Festa da Chiquita, programação voltada à visibilidade LGBT que ocorre logo após a Trasladação, na procissão noturna do Círio, realizada no sábado (7).

Eloi Iglesias, criador e organizador da Chiquita, entregou a Glória o “Veado de Ouro”, em reconhecimento à importância da novela para fomentar os debates sobre a transexualidade, com o personagem Ivan, homem trans.

“A fé não é exclusiva, é inclusiva. Debaixo do manto de Nossa Senhora cabem todos”, disse. Glória conta que é a primeira vez que vem até Belém acompanhar a procissão. “O Círio foi a maior emoção que eu já tive assistindo a um espetáculo. Pretendo vir todos os anos”, declarou a autora.

Nascida no Acre, Glória escolheu o Pará como tema de sua atual novela. “Este estado tem uma cultura que sempre me fascinou. A novela fez com que o Brasil se apaixonasse pela cultura do Pará. A Lenda do Boto, as frases, as palavras que se usa aqui. Eu mesma já uso ‘pavulagem’ no meu dia a dia, além do ‘égua!’”, conta.

Dona Onete, cantora paraense que se destaca no Brasil e no exterior por seu carimbó chamegado e sucessos como a música “Pitiú”, também acompanhou a romaria e se emocionou ao pedir paz para Belém. “A nossa força e nossa fé é o que nos sustenta. Nossa Senhora, proteja o meu povo! Projeta Belém!”, disse.

Outras celebridades prestigiaram o Círio de Nazaré. A atriz Elisângela Vergueiro, o apresentador Zeca Camargo, as jornalistas Mariana Godoy e Cristiana Lobo também vieram para as procissões.

“O Brasil real é esse: agradecer por ter conquistado uma casa, e as pessoas não agradecem ao estado, elas agradecem a Nossa Senhora e a elas mesmas. O Círio é maravilhoso, é uma fé muito forte. Cada vez que eu vejo, eu me surpreendo”, declarou Lobo. “Acho o Pará um paraíso. A diversidade do Ver-o-Peso, frutas, temperos, acho tudo uma maravilha. E por mais que a gente acorde cedo, durma tarde, acompanhando as procissões, mesmo assim eu volto pra casa descansada”, relata.

“Já chorei muito, muito, ontem e hoje. Não tem como segurar, é muita emoção. Não dava pra descrever. É uma festa que todo o brasileiro devia ver”, declarou a atriz Elizângela Vergueiro.

O padre Antônio Maria também participou da romaria. “É a quarta vez que eu acompanho o Círio e cada ano é mais emocionante. Deus me deu a alegria de poder fazer aquela música que o povo canta, a Senhora da Berlinda”.